ALDEIA INDÍGENA BOA VISTA – Ubatuba – SP

Roselaine Julião

Roselaine Julião

Nossa colaboradora Roselaine Julião visitou durante suas férias a ALDEIA INDÍGENA BOA VISTA, que fica em Ubatuba, no estado de São Paulo.

Imediatamente ela sentiu-se visitando nossas origens, conhecendo um pouco da bela natureza local e também da beleza desta cultura que está aí, pertinho da gente, e muitas vezes esquecida por nós. Ela faz um relato de sua viagem e coloca todo o seu sentimento na matéria que nos enviou.

Vamos conhecer a ALDEIA BOA VISTA pelas imagens feitas por essa excelente fotógrafa e apaixonada pelo Ecoturismo.

E VAMOS COMEÇAR A VISITA! 

Ao chegar na aldeia depois de uma boa subida na montanha por uma estrada de terra … pude constatar que realmente valeu a pena, pois  a bela paisagem faz jus ao nome: Aldeia Indígena Boa Vista.

*Vista para o mar

Vista do mar

De lá a gente pode avistar o mar, sua imensidão, sua beleza, muita emoção.

São imagens maravilhosas que poderemos encontrar neste pedacinho de mundo tão diferente do nosso cotidiano. É incrível perceber que mesmo com toda estrutura possível a Tribo dos guaranis tenta preservar seus costumes e suas crenças. Por isso não é  permitido que se casem com brancos. Aqueles que assim quiserem devem abandonar a tribo.

A Aldeia Boa Vista fica localizada aproximadamente a 2,3 Km da rodovia BR 101, no bairro do Prumirim, sendo 1,5 km de estrada de terra até a escola da tribo. Ela conta com um posto de saúde, uma escola que oferece merenda, placas solares para a captação de energia elétrica, fossa séptica e um telefone comunitário.

 *Escola Estadual Indígena

Escola da aldeia

Um pedágio – Conservação – Preservação

Ao chegarmos na aldeia pagamos um pedágio de R$ 10,00 por pessoa para ajudar na manutenção da tribo. Justo isso! Paguei o pedário feliz, pois sei que o dinheiro será bem aplicado.

A aventura começa ai, seguindo por  uma trilha de 800 m.

Nós (eu e meu pessoal) fomos acompanhados por uma simpática guia, a índia Creuza, ou Ará, seu nome nativo, que  significa Nuvem.

 

 

Trilha da Aldeia

 

Basta caminhar poucos metros e já podemos perceber toda a magia do lugar. Podemos sentir na pele o calor e a umidade do ar.

Somos envolvidos pelo cheiro da mata, ouvir o canto das águas do rio que batem nas pedras formando cachoeiras.

O cantarolar dos pássaros e a beleza e o perfume das flores que encontramos pelo caminho… realmente uma imagem única. Um sentimento inacreditável. Uma sensação de que estamos visitando nossos antepassados indígenas. Um volta às nossas origens!

Rio Prumirim

Enquanto a gente caminhava  conversávamos com nossa guia e ficamos sabendo de alguns costumes da tribo.Nenhum dos índios vai trabalhar na cidade. Eles vivem do cultivo e comercialização do palmito pupunha e do artesanato vendidos na feira de Ubatuba e á beira da rodovia.

 

Flores da Mata Atlântica

Quando chegamos na aldeia vimos que os índios vivem de forma muito simples e formam uma comunidade muito unida.  Nesta aldeia vivem 30 famílias que juntos somam aproximadamente 200 pessoas sendo a maioria crianças. É um povo tranquilo que vive em paz com seus costumes.

E é  o que podemos constatar neste breve momento na trilha que nos leva a aldeia.

ARTESANATO LOCAL

Artesanato

Além do palmito, os índios extraem inspiração da natureza além de outros materiais para a confecção do  artesanato.

E inspiração aqui é o que não falta diante de tanta beleza. O artesanato local é de encher os olhos…muitas cores, detalhes e capricho sem igual… Belíssimo!

*Casas dos índios

Casa dos Indios

Casa das orações

NOVOS AMIGOS

O índio guarani é um povo que tem muita fé. Conhecemos um local sagrado para eles:  A Casa de Orações, onde se reúnem todas as noites para fazer orações. Um povo simples, que cultiva e procura manter seus costumes e princípios … comportamento de dar inveja .

Um passeio onde a beleza da natureza, a simplicidade dos índios, a cultura nativa, o frescor do mar, o calor e o perfume da mata atlântica nos brindam momentos de muita alegria, reflexão, amor e principalmente ENERGIA.

Visitem a Aldeia Boa Vista e sintam, como eu senti, a emoção de fazer parte desta terra chamada BRASIL.

Vejam todas as fotos deste lindo passeio à Aldeia Boa Vista clicando aqui

Texto original: Roselaine Julião

Revisão e adaptação: José Antonio Purcino

Especial para Programa Caminhos de Sucesso no Ecoturismo

Fotos: Roselaine Julião

4 Respostas to “ALDEIA INDÍGENA BOA VISTA – Ubatuba – SP”

  1. Paulo Henrique Says:

    Boa tarde gostaria de saber se precisa ser agendada para ir conhecer?

  2. Ana Lucia Pazeto Braz Says:

    gostária de visitar a aldeia é facil para chegar lá, tem que ter permisão

  3. lucio lucas marin almeida Says:

    ola eu gostaria de visitar precisa de alguma permissão???

  4. Izabel Vilani Says:

    Gostaria de visitar! Como faz? É só chegar ou precisa de permissão? Grata!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: