O Desafio das Expatriações – Entrevista com Dra. Paoletti Filippini

Como todos que me seguem sabem, parte de minha vida profissional foi construída praticamente no exterior. Uma viagem que começou no dia 23 de Fevereiro de 1.990. Uma longa viagem, não somente sob o ponto de vista profissional mas também sobre o ponto de vista pessoal.

Naquela época o apoio aos executivos expatriados eram escassos no Brasil. A própria empresa é quem fazia o contrato, a comunicação, a explicação sobre as condições da mudança, mas sob a ótica dela somente. Faltava o acompanhamento de uma consultoria que pudesse avaliar não só o lado da empresa mas também o lado do profissional.

Hoje muitos executivos contam com o apoio de empresas especializadas na área, que podem dar uma excelente assessoria para as empresas e também para os profissionais e, principalmente, para a família dos mesmos.

Por este motivo eu fiquei feliz ao poder entrevistar a Dra. Paoletti Filippini, uma advogada que conhece como poucos essa área tão importante para o desenvolvimento profissional de executivos brasileiros internacionais. Aproveitem os detalhes da entrevista e assistam aos vídeos no site do meu programa Caminhos de Sucesso.

Perfil da Dra. Paoletti Filippini

Dra. Paoletti Filippini

Dra. Paoletti Filippini

A Dra. Paoletti Filippini é advogada especializada em imigração e em Global Mobility.

Atualmente é sócia e Diretora da Filippini Global Talent, prestando consultoria e assessoria para empresas que dispõe de mão-de-obra internacional.

A Dra. Paoletti tem quinze anos de experiência na área com atuação direta na gestão de expatriados de grandes empresas nacionais e multinacionais,  promovendo a transferência de profissionais brasileiros para o exterior e de profissionais estrangeiros para o Brasil.

Outras experiências:

  • Foi atleta da Seleção Brasileira de Natação na década de 90;
  • Obteve 2 medalhas no Panamericano de Cuba em 1991;
  • Advogada formada pela FMU;
  • Atua na área Internacional desde 1999;
  • Defensora do trabalho colaborativo em ambiente de negócios complexos;
  • Visão positiva e construtiva em relação às pessoas;
  • Especialista na área que se convencionou chamar: Gobal Mobility ou Mobilization (Mobilidade Global),
  • Assessoria para International Assignments (Designações Internacionais).

Global Mobility

É uma área dentro dos departamentos de Recursos Humanos das grandes empresas que cuida da mobilidade das pessoas ao redor do mundo. Existem outras denominações, como por exemplo International Assignment, Designações Internacionais, entre outros.

É uma área que cuida das transferências internacionais, que são estrangeiros vindo para o Brasil ou brasileiros indo para o exterior.

Expatriados

Foto Perfil Entrevitado Dra PaolettiExiste também o termo expatriado, que significa exatamente a denominação dada ao profissional que sai do seu país e vai trabalhar em outro país mas que mantém o vínculo empregatício no seu país de origem.

As empresas costumam ter tipos diferentes de expatriados, por exemplo: tem os técnicos que são enviados para missões menores de tempo, projetos, por um determinado de período curto. Quando saem, já tem um tempo determinado para voltar.

Tem os executivos que mudam de país para difundir a cultura da empresa, planos de sucessão, vão crescendo na carreira e também auxiliam a empresa a difundir a sua visão, missão e valores pelo mundo. Geralmente são expatriações mais longas, de 3 a 5 anos.

  • Short Term – Até 18 meses
  • Medium Term – Até 3 anos
  • Long Term – até 5 anos ou mais.

Manter contrato local ou contrato no país de origem?

Hoje existem algumas práticas aqui no Brasil, com a lei 11.962 sancionada em 2.009:  o brasileiro que é designado para trabalho no exterior, seja de short term ou long term, ele não perde mais o vínculo com a empresa no Brasil. A questão de INSS, FGTS se mantém aqui no país.

O executivo tem que ter um salário base e um adicional de transferência.

Como no Brasil a CLT impede a redução de salário, o salário base é o salário que o executivo tem no momento da transferência mais os benefícios de expatriação, que são os allowances.

Para conhecer mais sobre esse ítem, entre em contato com a Dra. Paoletti Filippini pela página da Filippini Global Talent no Facebook.

Dra. Paoletti Filippini e J. Purcino

Dra. Paoletti Filippini e J. Purcino

Quais são os principais itens de análise ao receber um convite para trabalhar no exterior como expatriado?

  • Política de expatriação das empresas.
  • Não existem políticas padrão.
  • Cada empresa tem a sua política de expatriação.
  • Equidade dos benefícios oferecidos ao funcionário.
  • Passagens aéreas.
  • Férias, salário base, allowances.
  • Situação de trabalho do cônjuge no país de destino.
  • Aculturamento da família.
  • Educação dos filhos.
  • Plano de carreira
  • Possibilidades de muitas transferências.
  • Modalidades das escolas para os filhos.
  • e outras mais….

Pesquisas mostram que ao redor de 20% das transferências não dão certo devido a problemas de adaptação da família.

Preparação do executivo para a carreira de expatriado

As empresas geralmente conseguem antever as mudanças para medium e long term. Portanto, recomendamos às empresas que façam o plano de ação de preparação para cada mudança.

  • Treinamento intercultural
  • Envolver a família no treinamento intercultural
  • Para as novas mudanças, realizar os novos treinamentos.

Salário anual e não mais mensal.

LOGO_FILIPPINI_FINALAs empresas já fazem os cálculos de custo de vida levando em consideração o pacote de necessidades de uma família para manter o mesmo nível de poupança e de compra da família em cada país.

Os valores de adicionais de custo de vida entram nos cálculos de salários anuais, já levando em consideração as quantidades de salários que o executivo recebe no ano.

Os valores são todos somados e posteriormente divididos por 12 e pagos mensalmente. O ideal é fazer a reserva mensal do equivalente ao 13 salário, por exemplo, para ter esse adicional no final do ano, e não incluí-lo no planejamento financeiro de gastos mensais.

Moveis, utensílios, bagagem… o que levar!

Várias empresas já tem em sua política de transferência. Isso tem que ficar claro, pois no exterior ao comprar móveis, etc, você tem que saber o que pode ser trazido ao Brasil, o que não, sobre o que recaem impostos, etc.

A legislação do Brasil exige que a empresa que expatriou o funcionário deve repatriá-lo ao final. Tudo deve ser conversado com a empresa para evitar problemas ao retornar ao Brasil.

Profissionais da Geração Y

Os profissionais da Geração Y não se interessam pelos mesmos pacotes de expatriação que os outros funcionários mais conservadores.

Eles tem uma necessidade muito grande de pertencimento. Além do benefício de ganho, eles buscam o crescimento mais rápido. Gostam de desafios maiores, participar de projetos, etc.

CartazNós vamos realizar um seminário em Novembro falando sobre este tema. Recomendo que participem para conhecer todas as recomendações e aconselhamentos nesta área.

Conheça mais sobre o tema visitando a página da Filippini Global Talent, participem do seminário e assistam aos vídeos da entrevista.

Podem também escrever para nosso programa com suas dúvidas e perguntas que nós encaminharemos para a Dra. Paoletti Filippini.

Nosso e-mail de contato é jpurcino@caminhosdesucesso.com.br

O conteúdo desta matéria foi extraído da entrevista da Dra. Paoletti Filippini ao meu programa que foi ao ar no dia 9/11, pela TV Geração Z.

Você poderá assistir aos vídeos em nosso site Caminhos de Sucesso

Uma resposta to “O Desafio das Expatriações – Entrevista com Dra. Paoletti Filippini”

  1. O Desafio das Expatriações !!! | Caminhos de Sucesso Says:

    […]  Entrevista com Dra. Paoletti Filippini […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: