A primeira vez… Sempre tem a primeira vez!

Uma pequena história, que conta como tudo começou… um momento, um dia, longo, que custou a terminar… e percebo agora, que esse dia ainda não terminou, mas sim, teve vários desdobramentos, que foram de muito trabalho, suor, dedicação e muitas, muitas vitórias.

Vamos conhecer esse primeiro dia? Então, vamos lá…

caricatura PurciLá pelos idos de 1984, ainda vivendo em São Paulo, trabalhando como vendedor técnico de pneus, eu fui convidado para assistir umas aulas de geometria veicular, com base em manutenção de suspensão dianteira e traseira.

O seminário, de uma semana, foi em Atibaia. E eu fui. Imaginem um ex-jornalista, ator e vendedor, aprendendo manutenção de veículos. E quando falo veículos, falo de caminhões e ônibus, falo de tratores agrícolas, implementos, empilhadeiras.

Eu gostei tanto da forma como o curso foi feito, que comecei a visualizar não só o conteúdo, mas a metodologia, o material de apoio, manuais, etc. Conversei com os participantes, verifiquei as dificuldades de cada um em entender os temas discutidos em aula, e em fazer os exercícios de casa.

Naquela época não existia Power Point, projetores multimídias, televisores HD. Era tudo na base do slide e do retroprojetor. O que chamamos hoje de slide de apresentação, que hoje fazemos e mudamos em minutos, naquela época eram desenhados a mão, e o texto colocado com máquina de escrever… Vai vendo!!!

caricatura flipchartBom, o importante é que apresentei uma proposta de metodologia onde os participantes deveriam não somente ouvir e acompanhar os técnicos montando e desmontando os equipamentos, como deveriam também colocar a mão na massa e fazer o trabalho. O projeto foi aprovado.

Dai sim, que chegou a primeira vez… Reescrever o conteúdo, preparar o manual, escrevendo como se eu fosse o aluno, colando cópias de ilustrações nos originais, reforçando com tinta nanquim os pontos fracos.

Foram dias de preparação. Para ser mais exato, dois meses. E chegou o momento de fazer a aula piloto.

Para encurtar a história, tudo deu certo, todos gostaram, e o curso foi aprovado.

Eu sei o que vocês estão pensando, tudo foi só festa. Que nada. Foi ai que começou o trabalho árduo. A cada semana eram dois cursos, para vendedores em todo o Brasil, até que fui convidado a dar uma aula para vendedores da América Latina. E mais uma vez, aceitei.

E chegou o dia da primeira aula.

Eu ia participar como assistente do professor, que era argentino. Meu maestro, meu professor, uma pessoa que me ensinou muito do que sei hoje como instrutor.  E lá estávamos ele e eu, na sala de aula, no Royal Palm Plaza, dando a aula inaugural do curso.

caricatura telefonistaA secretária, em um determinado momento disse que ele  estava sendo chamado para atender a um telefonema, pediu-me para continuar a aula (sem falar nada de espanhol), e levou-o para o escritório. Eu, inocentemente, continuei a aula, suando frio, gelado, quase enfartando.

Passaram-se trinta minutos, quarenta e cinco minutos, uma hora, e nada do telefonema acabar. Chegou a hora do coffee break. E lá fui eu correndo para a sala do argentino ver o que acontecia. E lá estava ele, rindo, olhando pra mim e perguntando:

— E então Purcino, tudo bem na sala de aula? Precisa que eu volte?

Daí eu percebi que tudo havia sido arranjado entre ele e a secretária. Não havia telefonema algum.

Foi só uma desculpa para deixar-me sozinho e que eu aprendesse a vencer o primeiro desafio da minha vida: A TIMIDEZ de falar um segundo idioma.

E eu voltei pra sala de aula, sozinho, e fiquei três anos dando aulas em espanhol, até ir morar no México.

Valeu Gustavo Di Fini, onde quer que você esteja OBRIGADO!

caricatura Purci jovemE eu estou desde 1984 rodando o mundo dando palestras, cursos, participando de workshops, fóruns, tenho um programa de televisão na internet, já entrevistei mais de 60 pessoas, entre diretores, empreendedores, CEOs, COOs, cantores, atores, diretores de teatro, escritores, garçons, ou seja… tudo tem sempre a primeira vez…

Sorte com a sua primeira vez.

J.Purcino – 5 Maio 2013

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: