Entrevista com Michelle Meleck – Programa Caminhos de Sucesso – 1 de Fevereiro

Momento beleza, momento energia no programa Caminhos de Sucesso do dia 1 de Fevereiro.

Um mês dedicado às mulheres que fazem sucesso, que são empreendedoras e que tem muita visão de negócio.

Michelle Meleck Fundadora da Live Estética

Michelle Meleck Fundadora da Live Estética

E para abrir a série convidamos Michelle Meleck, profissional na área de comunicação formada em Relações Públicas e que no ano de 2000 descobriu-se uma apaixonada pelo mundo da Beleza e Estética. Fascinada com as coisas que descobriu viu que era possível fazer muita coisa para elevar a autoestima das pessoas. Por isso, desenvolveu um planejamento estratégico trazendo novas tecnologias em prol da beleza, saúde e estética para a extinta Clínica Vanity.

A sua história de vida e empreendedorismo é emocionante e cheia de realizações. Convido vocês a conhecerem um resumo desta entrevista, que também poderá ser vista em vídeo seguindo o link  http://mais.uol.com.br/view/14273587

Blog do Purcino:               Quem é Michelle Meleck?

Michelle:                              Eu diria que eu sou uma faz tudo hoje em dia. Além da minha paixão pela minha clínica Live Estética eu ainda sou mãe, tomo conta da casa, pesquiso novidades no mercado internacional e no mercado nacional sobre beleza e estética para trazer aos meus clientes e parceiros e, além disso, diariamente eu passo dicas aos nossos internautas sobre qualidade de vida, dietas, sucos e muitos outros temas relacionados aos cuidados com o corpo e a beleza.

Blog do Purcino:               Essa paixão sua começou com a Clínica Vanity? A clínica era sua ou você foi contratada para profissionalizar a clínica?

Planejamento e Desenvolvimento

Planejamento e Desenvolvimento

Michelle:                              Em 1998 eu fui convidada pelos dois investidores proprietários da clinica para auxilia-los no planejamento e posicionamento da empresa no mercado. Eu também não era da área, mas sempre me interessei pelo tema e durantes minhas viagens internacionais via as novidades e pensava… “Isso não tem no Brasil, que bom seria levar e mostrar ao público o que melhor existe na área” –  Trazer essas técnicas para o Brasil sempre foi o meu desejo, pois São Paulo, cidade onde moro, tem potencial para um negócio nesse segmento de mercado.

NR:                                        O bom de São Paulo é isso. Temos que ter a percepção de encontrar um bom negócio e a capacidade e ousadia de investir capital e tempo neste negócio. Sem esquecer o planejamento.

Blog do Purcino:               Durante esse período aconteceu um fato interessante que foi o de ter sido a clinica Vanity a responsável por retirar uma tatuagem da Kelly Key, e isso alavancou bem o negócio. Isso é a união da oferta do negócio com a oportunidade do mercado.

Michelle:                              Sim, nossa clínica era a única que tinha uma máquina a lazer para esse tipo de intervenção. Esse lazer fazia depilação, tratamento para rejuvenescimento e também removia tatuagens. Na época a Kelly tinha se separado do cantor Latino e precisa retirar uma foto dele que ela havia tatuado. O empresário dela ficou sabendo da clínica e nos procurou. Foi uma época em que ela estava no auge. Havia acabado de fazer um ensaio para a Playboy, sua música era um sucesso nas rádios e televisão.

No dia da consulta percebemos um tumulto na rua, o CET fechando cruzamentos, vários carros de imprensa escrita, falada e televisa na porta da clínica. Todos dando destaque à ela e à clinica também.

A partir daí eu comecei a ser procurada para dar entrevistas, depoimentos, dica em programas, até ter participação fixa em um programa.

O importante é levar em conta que a 13 anos atrás quando eu comecei a estética era muito restrita, tanto na questão de variedades de tecnologia e cosméticos quanto ao público, pois é muito caro. Tudo era importante, tanto os equipamentos como os medicamentos.

Nestes últimos anos o Brasil teve um crescimento muito grande, industrias locais começaram a investir em pesquisas na área e a desenvolver os equipamentos nacionalmente barateando muito os investimentos neste segmento.

Com os programas de TV passamos a ser procurados por clientes do Brasil inteiro.

Michelle, destaque na Revista Forbes, Edição número 3

Michelle, destaque na Revista Forbes, Edição número 3

Blog do Purcino:               Com todo esse trabalho de sucesso, de iniciativa e por ter saído na frente, você foi destaque no premio de Mulheres Mais Influentes do Brasil, na 3ª. Edição da Revista Forbes. Conte-nos essa passagem.

Michelle:                              A revista fez uma reportagem sobre empreendedorismo. O tema era relatar ao público como eu havia conseguido esse destaque para a empresa em tão pouco tempo.

Isso porque já naquela época tínhamos um Day Hospital com um mini centro cirúrgico para pequenos procedimentos.  Essa parceria com o Dr. Marcelo Forlan nos permitiu realizar trabalhos estéticos rápidos, seguros e com excelentes resultados. A Forbes soube disso e me procurou para contar essa história e mostrar a efetividade do que fazíamos na clínica.

Blog do Purcino:               Vamos focar agora a Live Estética. Quando você projetou e qual é o foco dela?

Michelle:                              De 2007 a 2009 eu fiquei fazendo consultorias para clínicas. Os empreendedores começaram a ver esse mercado como um grande negócio para investimentos e me procuravam para dar orientações a respeito.

Montei o escritório para consultoria dirigida às clinicas de estética, ao qual dei o nome de Estética Avançada. Na época inclusive o meu slogan era: Chegou a hora da sua clínica entrar em forma. – Eu comecei a prestar essa assessoria mas ai aconteceu um fato interessante. Meus clientes antigos ligavam para mim pedindo orientações e indicações de onde ir para continuarem seus tratamentos estéticos. Eu indicava uma, duas, três clinicas, mas não era a mesma coisa.

NR:                                        Aí começam os problemas de indicar o serviço de fulano, ciclano, mas geralmente o resultado não é o mesmo esperado quando o tratamento era feito por você ou com sua supervisão técnica. Nesse momento a gente toma a decisão de fazer a gente mesmo o que está indicando para os outros fazerem.

Michelle:                              Isso realmente aconteceu. No final de 2009 eu estava fazendo uma consultoria para uma clínica no norte fluminense em Campos dos Goitacazes.

Live Estética

Live Estética

 

O cliente ouvia as ligações e me ouvia dando as indicações. Ele nesse momento comentou que eu deveria abrir a minha própria clínica. Foi daí que surgiu a Live Estética.

Decidi então criar um conceito. A Live Estética é uma clínica com uma estrutura bem enxuta o que faz com que os preços sejam bem acessíveis. Estamos em um prédio comercial com toda segurança e facilidades de estacionamento possível.

Isso também garante a privacidade e a possibilidade de relaxamento necessário para esse tipo de tratamento.

 

Blog do Purcino:               E como é a frequência masculina na clínica? Você ainda percebe o preconceito com o cuidado estético por parte dos homens?

Michelle:                              Lá no inicio do meu trabalho os homens ligavam pedindo informações sobre os nossos serviços e falavam baixo pelo telefone. Incrível!!!

Pediam um horário de baixo movimento na clínica e também serem atendidos em um local mais reservado. Tinham receio de serem reconhecidos.

NR:                                        Quando eu vivi no exterior, em países como Alemanha, Malásia, Austrália, eu convivi muito com esse tipo de tratamento. Aprendi nesses países a importância do cuidado com a pele, com o corpo e com o nosso stress. Fiz tratamentos desde esfoliação de pele até a limpeza facial. Só não fiz a depilação da barba pois uso barba. (risos)

Michelle:                              Hoje usamos um termo denominado Tecnologia Cosmética. Para esse tratamento facial que mostramos no vídeo usamos proteínas que vem do bicho da seda e que funciona, entre todas as suas funções, como um antioxidante também.

O pó é preparado na hora, na dose certa e necessária para cada cliente. As plaquinhas que colocamos sobre a pele são placas de papel de seda.

Esse tratamento é muito necessário pois a pele do rosto fica 365 dias do ano exposta ao Sol. Logo, os poros do rosto acabam virando depósito de lixo.

J. Purcino e Michelle Mekeck - Programa Caminhos de Sucesso (1/2/2013)

J. Purcino e Michelle Mekeck – Programa Caminhos de Sucesso (1/2/2013)

Blog do Purcino:               Fala sobre a relação dos tratamentos da sua clínica vs o stress dos executivos (e executivas) no trabalho?

Michelle:                              Nós atendemos várias empresas com nossos planos corporativos. Tem homens que vão à clínica uma vez por semana.

Quando você se olha no espelho e nota que seu rosto, sua aparência, sua energia está aflorando, isso dá mais condições de você realizar o seu trabalho de forma mais tranquila, mais alegre. Dá capacidade e poder de realização a você.

Blog do Purcino:               Quais são os tratamentos mais procurados pelos homens?

Michelle:                              O primeiro é a depilação a lazer de barba na parte de baixo, no pescoço. No ato de fazer a barba todos os dias tem homens que possuem a pele muito sensível, problemas de pelo encravado, entre outros. A depilação ajuda a eliminar esses problemas. Outros buscam a depilação completa da barba.

O segundo serviço mais procurado são as massagens. é o Cellutec. Um equipamento que relaxa, trabalha toda a musculatura, ajuda na circulação do sangue e também promove uma drenagem linfática.

Blog do Purcino:               Quais são os seus planos para a Live Estética? Vai partir para a abertura de filiais ou franquias?

Michelle:                              Eu tenho participado de reuniões no SEBRAE. Estou analisando essas possibilidades porque a procura é muito grande. Existe sim a possibilidade. Estamos em fase de estudos de viabilidade.

O meu limite já ultrapassou o limite do Céu.

O meu limite já ultrapassou o limite do Céu.

 

Muita gente diz:  “O céu é o meu limite” – eu digo que “.. o Céu não é o meu limite já faz muito tempo.” Eu quero ir além.

E com essa frase de otimismo e visão de negócio a Michelle finalizou a nossa entrevista. Um recado direto a todos que tem seu sonho e já implantaram o seu negócio. O limite só existe na cabeça de cada um.

 

 

Essa é uma transcrição interpretativa da entrevista de Michelle Meleck para J.Purcino no programa Caminhos de Sucesso, realizada no dia 1 de Fevereiro de 2013.

Copyrights Nacar Comunicação, Treinamento e Sistemas de Performance.

Todos os direitos reservados.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: