Empresa familiar? Tenha sucesso driblando os conflitos internos.

Várias são as empresas familiares que se deparam com o mesmo problema depois de terem conseguido consolidar-se no mercado. Não importa o tamanho ou o ramo de atividade da empresa. O problema surgirá sempre: SUCESSÃO NO COMANDO.

É comum ouvirmos frases ditas pelos diretores das empresas, tais como:

  • Já temos pensado na sucessão. Mas agora vai depender dos nossos filhos.
  • Em cada geração esperamos ter alguém que queira continuar o nosso negócio.
  • Meu filho já tem 16 aons e demonstrou interesse no negócio.
  • Meu filho já trabalha na empresa comigo, mas quero que ele faça uma escolha consciente.

O certo é que aproximadamente 2/3 das empresas familiares vão à falência devido aos problemas com ou entre os herdeiros. E vejam um dado interessante (IBGE). 90% das companhias 100% brasileiras são empresas familiares. Já imaginaram o impacto deste alarmante número de 2/3 de falências?

Normalmente as empresas familiares surgem a partir de um sonho ou de um ideal ou, até mesmo, da necessidade de sobrevivência da família. Geralmente começam como pequenos negócios cujas funções (todas ou as pricipais) são divididas entre o marido, a mulher e, em alguns casos, já envolvendo o(s) filho(s) mais velhos.

Os conflitos são mais comuns no momento da transição das gerações, que disputam o comando da empresa, independente do seu tamanho, capacidade financeira ou posição de mercado. O poder, o status e a possibilidade de tornar-se o gestor financeiro é o que causa a maioria deste conflitos. É comum vermos problemas internos e antigos da familia serem levados para dentro da empresa. Aí é onde mora o grande perigo, pois as questões emocionais passam a interferir nos negócios da empresa e, definitivamente, atrapalham o crescimento e o desenvolvimento do negócio.

Segundo o especialista em empresas familiares, Sr. Domingos Ricca, em entrevista ao jornal Correio Popular, é necessário que a sucessão nas empresas seja um ítem a ser acompanhado pelos gestores do negócio, e visto como um programa com planejamento.

As metas deste programa devem ser claras e bem definidas pelo comando da empresa.

EVITAR O CIÚMES deve ser um dos principais objetivos. Deve-se criar normas de relacionamento entre os herdeiros, entre a empresa e a família, assim como uma divisão clara do patrimônio individual e o da empresa, evitando colocar tudo no mesmo pacote.

Para tanto, nada melhor do que criar um código de conduta e um código de ética entre todos do conselho. Portanto, mais uma vez volto a comentar o que digo em minhas palestras, sobre a importância da divulgação da VISÃO, MISSÃO e VALORES do fundador da empresa. Com o passar do tempo tudo deve ser revisado, mas não alterado a ponto de mudar totalmente o porque da fundação da empresa e seu posicionamento e função na sociedade.

Definido tudo, a familia necessita consolidar o processo de gestão da empresa. Alguns dos herdeiros são mais afinados com os negócios da família, desejam fazer parte dos negócios. Outros, só estão interessados nos lucros. Portanto, tudo tem que ser discutido a nível de conselho diretor, e a função, responsabilidades e direitos de cada um deve ficar bem claro e colocado em uma ata que defina o estatuto da empresa.

Algumas dicas:

  • O sucesso da empresa depende do cuidado com o capital humano da família, sua formação cultural, acadêmica e seu caráter;
  • A família deve procurar meios para desenvolver a sua cultura empresarial;
  • Devem estudar e planejar as sucessões com antecedência, para que exista a possibilidade de preparação dos futuros gestores;
  • Não perder o foco sobre família, patrimônio e a empresa, e saber diferenciar a importância de cada um no processo de gestão do negócio;
  • Aja como se a empresa seja um negócio de capital aberto, com responsabilidade e transparência.

 

Quer saber mais?  Entre em contato conosco pelo e-mail  purcino@tsp2.com.br

Fontes: Correio Popular – 26/9/2010;  Palestras J.A.Purcino; Dados técnicos IBGE e do esatudo Tornando-se uma família empresária realizado pela Holt Bermhoeft & Teixeira.

Purcino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: